15 de Janeiro 18:44
Prazo final para reivindicar bem esquecido no aeroporto JK

Os interessados devem procurar a Infraero no aeroporto até amanhã, caso contrário os bens serão leiloados.

  • Ilustração
  • Os proprietários de bens deixados ou esquecidos no Aeroporto Juscelino Kubitschek (JK), entre os anos de 2010 e 2011, têm até amanhã (16) para reivindicá-los junto a Infraero, após esta data de acordo com decisão, da 4ª Vara da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), os objetos serão vendidos e os valores arrecadados repassados ao ente federado.

    De acordo com a Infraero, não há mais espaço para guardar os pertences, cerca de três mil itens. De acordo com a decisão judicial foi determinada a publicação no Diário da Justiça de dois editais, com intervalos de 10 dias entre eles, informando o fato à população e dando o prazo de até 60 dias, a contar da última publicação, para que os interessados retirem os objetos que os pertençam. O prazo expiraria no dia 29 de dezembro, e foi prorrogado para a próxima quarta-feira, em decorrência do feriado forense.

    Entre os bjetos constam bengalas, chapéus, carregadores de computador, roupas, óculos, livros, bijuterias, anel de ouro de enfermagem, celulares, malas, bolsas, mochilas, brinquedos, bebidas e muitos outros.

    Samantha Fukuyoshi com informações do site do TJDFT
     

    deBrasília.com.br - todos direitos reservados ©
    Para anunciar: comercial@debrasilia.com.br    Tel:(61) 8150-0256
    Para envio de material/releases: contato@debrasilia.com.br
    Desenvolvido por MadMídia