29 de Outubro 01:54
Para Marta, derrota de Serra foi merecida

Ministra disse que Lula saiu vitorioso da eleição e elogiou sua intuição de ex-presidente

Daiene Cardoso e Gustavo Porto - Agência Estado

SÃO PAULO - A ministra da Cultura, Marta Suplicy, disse neste domingo, 28, estar satisfeita com a derrota do tucano José Serra (PSDB) na disputa pela prefeitura de São Paulo contra o candidato do PT Fernando Haddad. Ao chegar no hotel na região da Avenida Paulista onde os petistas se concentram, a ministra disse que "a derrota de Serra foi muito dura e merecida".

"Tive de conviver muito tempo com as mentiras que ele falou do meu governo, com as inverdades, com as apropriações de coisas que eu fiz e que ele disse que eram dele. Foi muito difícil ter de conviver com tudo isso e não ter como fazer as pessoas acreditarem que ele não falava a verdade", desabafou a ministra.

Marta contou aos jornalistas que muitos de seus amigos militantes do PSDB não aprovavam o comportamento de José Serra e que eles não votaram no candidato tucano. "Eles disseram: eu sou do partido, mas desta vez não vou votar no Serra. Não dá" comentou Marta.

Para a ministra, saem vitoriosos dessa eleição o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, por ter acreditado em Haddad, e o próprio candidato, que, segundo ela, se mostrou competente durante a campanha. "Não é fácil competir com alguém tão ardiloso quanto Serra e com mais experiência. E ele se saiu muito bem", afirmou.

A ministra voltou a elogiar a "extraordinária intuição" de Lula por ter ido "contra tudo e contra todos", inclusive ela mesma, e ter insistido na indicação de Haddad para a prefeitura na capital paulista. "Com está fé inquebrantável ele conseguiu levar essa eleição", avaliou.

Marta criticou o comportamento de Serra durante a toda a campanha e disse que ele "aprontou" em episódios como o debate sobre o kit gay nas escolas públicas, a criação de um site falso de Haddad, a disseminação do boato sobre o cancelamento do Enem e, por fim, os rumores sobre o fim dos contratos entre a prefeitura e as Organizações Sociais (OS) que administram hospitais públicos. "Cada dia tinha uma manipulação", atacou.

No final da entrevista, Marta Suplicy disse estar de "alma lavada" com a volta do PT à administração paulistana e com a vitória de Haddad. "Para mim, (a derrota de Serra) foi muito merecida. Eu queria ter feito esse embate, mas lavei a alma porque o Haddad fez muito bem", comemorou.

deBrasília.com.br - todos direitos reservados ©
Para anunciar: comercial@debrasilia.com.br    Tel:(61) 8150-0256
Para envio de material/releases: contato@debrasilia.com.br
Desenvolvido por MadMídia