28 de Outubro 17:04
Russomanno diz que ajudou a construir a democracia

Ex-candidato fez segredo sobre o seu voto e disse que ajudou a construir a democracia brasileira

  • Wanderley Preite Sobrinho, do R7 Russomanno diz que ajudou a construir a democracia brasileira
  • O ex-candidato à Prefeitura de São Paulo Celso Russomanno (PRB) votou na tarde deste domingo (28). Ele foi perguntado se recebeu convite dos candidatos para algum secretariado.

    — Fui procurado por todos os partidos. Depois de uma votação expressiva como a gente teve, é natural ser procurado.

    Russomanno disse que não guarda mágoas de nenhum dos candidatos a prefeito da cidade.

    — Eu não tenho mágoa de absolutamente ninguém. Eu acho que quando termina uma Eleição tem de virar a página. Quando você ganha uma Eleição, tem que governar para todo mundo.

    O ex-candidato também falou sobre o que vai fazer depois que as Eleições terminarem.

    — A partir de segunda eu volto para TV, com participações no Balanço Geral e no Hoje em Dia. Eu quero voltar para a minha atividade. Eu gosto de fazer jornalismo. Adoro a minha profissão, sou bem sucedido, ganho bem e segunda-feira estou de volta. Vou continuar trabalhando por São Paulo, para melhorar a qualidade dos serviços públicos. Se eu não posso fazer como administrador, posso fazer como jornalista. Vou mostrar o que está errado e vou chamar a atenção, cobrar resultados de serviços públicos de qualidade.

    Russomanno fez segredo sobre o voto. Quando questionado sobre os motivos de não querer revelar a sua escolha, ele disse que não quer transformar tudo o que disse em "mentira".

    — É segredo. Eu não me coloquei em isenção? Em qualquer declaração que eu fizer agora, vai transformar tudo o que contruí em uma mentira.

    Ele também foi perguntado se ficou triste com os resultados do primeiro turno, que tiraram o ex-candidato da disputa.

    — Eu cresci eleitoralmente nesta Eleição e perder uma Eleição não é demérito nenhum. Pelo contrário: eu ajudei a construir a democracia brasileira. Porque quando a gente não tem pessoas disputando as Eleições, não tem democracia. Eu não fico de baixo astral, triste, quando perco uma Eleição.

    Questionado sobre se recebeu alguma proposta para as Eleições de 2014, ele afirmou que não foi procurado para falar sobre o assunto.

    — Ainda não recebi nenhum convite. Isso é lá pra frente.

    Wanderley Preite Sobrinho, do R7

    deBrasília.com.br - todos direitos reservados ©
    Para anunciar: comercial@debrasilia.com.br    Tel:(61) 8150-0256
    Para envio de material/releases: contato@debrasilia.com.br
    Desenvolvido por MadMídia