26 de Outubro 15:57
Vettel fez o melhor tempo na primeira sessão de treinos

O australiano Mark Webber afirmou que não vai deixar Vettel ultrapassá-lo.

  • Reuters
  • Vettel chegou apenas 1 décimo de segundo à frente de seu companheiro Webber nos testes realizados no circuito de Buddh, próximo da capital Nova Déli. Durante esta semana, o australiano Mark Webber afirmou que não vai deixar Sebastien Vettel ultrapassá-lo já que ainda tem chances de conquistar o título, apesar de estar a 63 pontos do alemão.

    Terceiro melhor tempo da sessão de treinos, o espanhol Fernando Alonso, da Ferrari, vice-líder do campeonato, ainda mantém as esperanças de superar as duas máquinas da Red Bull. “ Ainda temos todas as possibilidades de ganhar o título e quero continuar sentindo este espírito de equipe”, declarou Stefano Domenicali, diretor da escuderia Ferrari. O brasileiro Felipe Massa, outro piloto da escuderia italiana ficou em décimo quinto lugar.

    Nico Rosberg, da Mercedes, conquistou o quarto melhor tempo, à frente do finlandês Kimi Raikkonen. Os dois pilotos da McLaren, os britânicos Lewis Hamilton e Jenson
    Button marcaram o sexto e sétimo melhores tempos. “Creio que seremos suficientemente rápidos para sermos terceiros ou quartos nos treinos de classificação, mas para conquistar a pole, teremos que trabalhar duro no desenvolvimento do carro esrta noite”, disse Hamilton.

    A Force Índia ficou com o oitavo melhor tempo com o alemão Nico Hülkenberg e o décimo primeiro para o escocês Paul di Resta. Bruno Senna, da Williams Renault, ficou com o décimo melhor tempo da sessão.

    Protesto

    Durante as sessões de treinos, a Ferrari exibiu em seus carros uma bandeira da marinha italiana em homenagem a dois marinheiros detidos na Índia desde fevereiro, em liberdade condicional, e que foram acusados de mater dois pescadores ao confundi-los com piratas.

    O presidente da Formula One Management (FOM), Bernie Ecclestone, interrogado no circuito indiano sobre a atitude da Ferrari, não quis se posicionar sobre esse assunto delicado que gerou um incidente diplomático entre a Itália e a Índia . O diretor da Ferrari também evitou o assunto durante uma entrevista coletiva da Federação Internacional de Automobilismo.

    Fonte: RFI

    deBrasília.com.br - todos direitos reservados ©
    Para anunciar: comercial@debrasilia.com.br    Tel:(61) 8150-0256
    Para envio de material/releases: contato@debrasilia.com.br
    Desenvolvido por MadMídia