26 de Junho 23:22
Defesa de Cachoeira volta a acionar Justiça para conseguir liberdade do empresário

Cachoeira, que está preso há quase quatro meses como resultado da Operação Monte Carlo, é apontado como líder de esquema de corrupção, tráfico de influência e exploração ilegal de jogos no Centro-Oeste.

Débora Zampier
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Os advogados de Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira entraram na manhã de hoje (26) com recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra decisão unânime do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) que negou liberdade à Cachoeira em relação à Operação Saint-Michel. O julgamento ocorreu na última quinta-feira (21) e, logo após a derrota, a defesa já tinha anunciado que iria acionar o STJ.

Cachoeira, que está preso há quase quatro meses como resultado da Operação Monte Carlo, é apontado como líder de esquema de corrupção, tráfico de influência e exploração ilegal de jogos no Centro-Oeste.

Além de um mandado de prisão pela Operação Monte Carlo, há outro mandado contra Cachoeira devido à Operação Saint-Michel, que apurou fraudes no sistema de transporte público do Distrito Federal (DF). A investigação foi conduzida pela Polícia Civil e pelo Ministério Público do DF, com dados colhidos na Operação Monte Carlo.

O recurso foi distribuído ao ministro Gilson Dipp, que já relatou outros recursos de Cachoeira na corte. Em maio, foi Dipp quem deu voto vencedor no julgamento do primeiro pedido de liberdade do empresário na Operação Monte Carlo. Dipp entendeu que Cachoeira não poderia ser solto porque representava risco à ordem pública.

Na semana passada, Dipp deu nova decisão contra Cachoeira. Ele cancelou habeas corpus concedido pelo desembargador Fernando Tourinho Neto, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), para soltar o empresário goiano.

deBrasília.com.br - todos direitos reservados ©
Para anunciar: comercial@debrasilia.com.br    Tel:(61) 8150-0256
Para envio de material/releases: contato@debrasilia.com.br
Desenvolvido por MadMídia