25 de Junho 23:19
Maioria das despesas da Cruz Vermelha em 2011 foi feita na Somália, Afeganistão e Iraque

A informação está em um relatório que foi divulgado nesta segunda-feira (25) pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) mostrando as atividades exercidas pela organização em 2011.

Da Agência Brasil

Brasília – A maior parte das despesas com operações da Cruz Vermelha em 2011 foi destinada à Somália, ao Afeganistão e ao Iraque. Tanto as atividades operacionais desses países quanto as realizadas em outros locais se dividiram entre prevenção (48,1%), assistência (30,4%) e proteção (21,5%).

A informação está em um relatório que foi divulgado nesta segunda-feira (25) pelo Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) mostrando as atividades exercidas pela organização em 2011. Durante o ano, a CICV atuou em mais de 80 países, sendo que 54 deles receberam projetos relacionados à água, ao saneamento e a construções.

A Cruz Vermelha, que busca levar ajuda humanitária aos países que sofrem com guerras ou conflitos armados, realizou também atividades ligadas à saúde, em 25 países, e à segurança econômica, em 68 países.

Em 2011, o CIVC contou com mais de 12 mil funcionários, que trabalharam em 84 missões e delegações. As atividades realizadas ao longo do ano incluíam a assistência a detidos (tanto prisioneiros de guerra quanto civis que foram presos em outros conflitos armados), à reunião de adultos e crianças com suas famílias e ao ensino do direito internacional humanitário para alunos do ensino médio.

deBrasília.com.br - todos direitos reservados ©
Para anunciar: comercial@debrasilia.com.br    Tel:(61) 8150-0256
Para envio de material/releases: contato@debrasilia.com.br
Desenvolvido por MadMídia