20 de Abril 00:07
Sindicato discute com BRB situação da Informática

Os diretores do banco fizeram uma descrição sobre a situação da Informática encontrada desde a posse do ex-presidente Edmilson Gama em janeiro de 2011, passando pela substituição na presidência e em algumas diretorias, e tudo o que foi feito no período e o que está planejado para um período de curto, médio e longo prazo.

  • Ft.: Guina/SEEB-DF Reunião dos diretores do Sindicato com membros da diretoria do BRB
  • O Sindicato dos Bancários de Brasília se reuniu nesta semana com os diretores do BRB Jorge Alves – diretor da Dipes e substituto da Ditec (o atual diretor titular Américo Rodrigues Mendes Júnior está em viagem) – e Jorge Gouveia, diretor de Controle, para buscar informações sobre a real situação da Informática, setor do banco que tem gerado enormes dificuldades para os funcionários, especialmente nas agências.

    Os diretores do banco fizeram uma descrição sobre a situação da Informática encontrada desde a posse do ex-presidente Edmilson Gama em janeiro de 2011, passando pela substituição na presidência e em algumas diretorias, e tudo o que foi feito no período e o que está planejado para um período de curto, médio e longo prazo.

    Os diretores do banco afirmaram que este é um setor que gera hoje a maior preocupação dentro do conjunto da diretoria, e que os problemas, em que pese serem mais sentidos nas agências, infelizmente atingem a todos. Primeiramente, apresentaram o quadro de extrema dificuldade e precariedade encontrada em janeiro de 2011, com a constatação de que havia a necessidade de realizar mudanças que deveriam ter ocorrido há muitos anos, o que demonstrou a defasagem do setor no BRB, com equipamentos e softwares obsoletos.

    Plano diretor

    O BRB informou que recebeu um plano diretor de Informática elaborado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), contratado pela diretoria anterior, incompleto (só foi alterado após gestões da diretoria que tomou posse em 2011) e insuficiente. De acordo com os diretores do BRB, está em curso a contratação de consultoria para, em conjunto com o banco, estabelecer um cronograma de necessidades a serem atendidas de acordo com suas prioridades. O banco disse ainda que há orçamento robusto para investimento e custeio, superior a R$ 100 milhões, e que este está sendo executado.

    O BRB elencou medidas já em curso, tais como: contratação de aproximadamente 100 novos funcionários especificamente para o setor; estabelecimento de procedimentos de homologação de qualquer alteração antes de estas entrarem no ar, e que tais alterações estão sendo feitas aos finais de semana para evitar maiores dificuldades; construção de nova sede para o setor – o terreno já está garantido na cidade digital.

    Os representantes do BRB informaram ainda que será criada, o mais breve possível, uma “sala de crise” para monitorar situações emergenciais, que funcionará “full time” na busca de soluções emergenciais. Reconheceu ainda que a comunicação com o público interno (funcionários) é insuficiente, e que procurará corrigir isso, como forma de dar o máximo de transparência sobre a real situação da área.

    PCCR

    Na reunião, embora o tema pautado não fosse esse, o Sindicato cobrou mais uma vez respostas definitivas sobre o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), especialmente em relação à 7ª e 8ª horas, interstício da mudança de padrões, encarreiramento e data de implantação. Os dirigentes sindicais cobraram uma reunião o mais breve possível para discutir o assunto, pois como o próprio banco afirmou ainda em março, estas respostas seriam dadas na segunda quinzena de abril, que está em curso. Na ocasião, o Sindicato reforçou ainda a reivindicação de um abono compensatório pelo atingimento de metas no segundo semestre de 2011.

    Em resposta, o BRB afirmou que as discussões internas estão avançadas, e devem ser encerradas até o final desta semana. O banco confirmou para a próxima segunda-feira (23) uma reunião para a apresentação de uma proposta final para os assuntos abordados, especialmente sobre o PCCR.

    Fonte - SEEB-DF

    deBrasília.com.br - todos direitos reservados ©
    Para anunciar: comercial@debrasilia.com.br    Tel:(61) 8150-0256
    Para envio de material/releases: contato@debrasilia.com.br
    Desenvolvido por MadMídia