21 de Março 17:01
Vice-ministro do Uruguai prestigia WTM e divulga novidades do país

Vizinho dá ênfase ao turismo corporativo, novos negócios e diferentes destinos, na maior feira mundial do setor. Objetivo é aumentar a presença de turistas brasileiros

  • Benjamín Liberoff, vice-ministro de Turismo
  • Os números alcançados pelo Uruguai no setor de turismo em 2017 foram realmente extraordinários. Agora, o país chega a sua sexta edição participativa da WTM Latin América, que ocorre em São Paulo - entre 3 e 5 de abril, sendo representado por seu vice-ministro de Turismo, Benjamín Liberoff, que vem cheio de expectativas apresentando as novidades.

    Já há alguns anos, o vizinho realiza um movimento que reformula o Plano Nacional de Turismo, que prevê ações de melhorias integradas entre população e organismos públicos/ privados até 2030. A semente desse e outros projetos podem ser percebidas pela quantidade de visitantes estrangeiros que chegaram ao país em 2017, foram mais de 4 milhões.

    Atualmente, apresenta destinos e estruturas para diversos tipos de turismo: corporativo, aventura, enoturístico, natureza, família e religioso. Continua também com a política de benefícios atual para turistas até 30 de abril, que serão renovados dia 1º de maio passando a se igualar aos benefícios de residentes: desconto de 9% do IVA, pagando com cartão de crédito e / ou débito ou dinheiro eletrônico em serviços gastronômicos (restaurantes, catering para eventos, etc.), serviços para festas e eventos (não gastronômicos), aluguel de veículos sem motorista e aluguel de imóveis com destino turístico.

    Nessa WTM o país chamará atenção para alguns destinos em especial como a “Estrada UNESCO”, que convida a visitar os locais, as suas manifestações culturais e nacionais, declarados patrimônios material ou imaterial da humanidade pela UNESCO: Colônia do Sacramento (arquitetura e histórias singulares), Geoparque Grutas do Palácio (antigas cavernas e pinturas rupestres) e o Bairro Anglo, localizado em Fray Bentos, que faz parte do “Corredor de los Pájaros Pintados”. Região banhada pelo Rio Uruguay, que concentra grande parte do turismo termal, natureza e aventura do país, que será apresentada no evento também.

    Turismo corporativo e novos negócios

    Dentre as novidades está a inauguração no segundo semestre desse ano, do Centro de Convenções, Antel Arena, em Montevidéu, que dará maior vazão a imensa demanda no setor de eventos, apoiando ao já existente Centro de Convenções de Punta Del Este, que possui capacidade para mais de 5 mil pessoas. A plataforma multifuncional, a ser inaugurada esse ano, poderá se adaptar a eventos artísticos, concertos, espetáculos esportivos e congressos para até 12 mil participantes.

    Em 2017, o Uruguai foi sede de mais de 350 eventos, congressos e seminários, e agora é postulante junto a Argentina e Paraguai a sediar o mundial de 2030. O país está em 46º no Ranking Mundial ICCA, e no de cidades da América: Montevidéu está em 11º e Punta del Este em 52º. “Esse resultado também foi possível porque o país possui uma política de investimentos que facilita a realização de novos negócios e eventos”, diz Benjamín liberoff. Esse é o caso de grupos hoteleiros que andam investindo por lá. Como o Aloft Montevideo, Esplendor Montevideo A Wyndhan Grand Hotel, Hampton by Hilton e Cottage Puerto Buceo, todos na capital, além do Frontier Hotel em Rivera.

    A meta declarada pelo Ministério de Turismo do Uruguai é chegar a marca de 1 milhão de turistas brasileiros até 2020. Para alcançar esse objetivo, o órgão governamental trabalha em parceria com empresas privadas na criação de novas estratégias para potencialização do setor no país, como por exemplo novos destinos e rotas para Uruguai, por parte de companhias áreas.

    O turismo representa aproximadamente 7% do Produto Interno Bruto no impacto da atividade econômica uruguaia e 8% da força de trabalho está relacionada ao setor. E para manter esse segmento aquecido e garantir o constante crescimento é necessário a aplicação de novas estratégias de curto e longo prazo, que integrem e beneficiem população e empresas. “Sendo assim o Uruguai seguirá investindo em melhorias no setor como divulgação da Marca País – Uruguay Natural em outros países e parcerias, para aumentar ainda mais sua capacidade de receber com cordialidade e qualidade”, finaliza Benjamín Liberoff. 

    deBrasília.com.br - todos direitos reservados ©
    Para anunciar: comercial@debrasilia.com.br    Tel:(61) 8150-0256
    Para envio de material/releases: contato@debrasilia.com.br
    Desenvolvido por MadMídia