05 de Julho 09:21
Partido da Liberdade da Áustria ameaça Bruxelas com referendo para deixar UE

Na sexta-feira passada (1º), o Tribunal Constitucional da Áustria revogou os resultados das eleições presidenciais, após recurso apresentado por representantes do Partido da Liberdade

Da Agência Brasil
- com informações da Sputnik

O partido nacionalista de direita - Partido da Liberdade da Áustria - exigiu de Bruxelas a ampliação das competências dos governos nacionais.

Segundo a deputada Barbara Kappel, que representa o partido no Parlamento Europeu, se isso não ocorrer, seu país poderá realizar um referendo para decidir sobre a permanência na União Europeia (UE), informou hoje (5) o jornal russo Izvestia.

"A posição do nosso partido é extremamente clara. É necessário reformar a estrutura da União Europeia. Em primeiro lugar, isso se refere aos assuntos relacionados à segurança externa, ao combate ao terrorismo e à transparência das decisões tomadas. Agora, Bruxelas precisa dedicar todos os esforços para a modificação dos princípios fundamentais do bloco, em vez de reformatar a política externa. Se isso não for feito, ou tiver início o processo de integração da Turquia na União Europeia, a Áustria realizará um referendo, análogo ao do da Grã-Bretanha", acrescentou o jornal, citando as palavras de Kappel.

Na sexta-feira passada (1º), o Tribunal Constitucional da Áustria revogou os resultados das eleições presidenciais, após recurso apresentado por representantes do Partido da Liberdade. O partido contestou os resultados das votações, segundo as quais o seu candidato de extrema direita perdeu por uma margem mínima. De acordo com a Justiça, o segundo turno das eleições presidenciais será realizado novamente. A nova data das eleições deve ser anunciada hoje.

deBrasília.com.br - todos direitos reservados ©
Para anunciar: comercial@debrasilia.com.br    Tel:(61) 8150-0256
Para envio de material/releases: contato@debrasilia.com.br
Desenvolvido por MadMídia