30 de Junho 10:33
Homens-bomba de Istambul eram estrangeiros

Segundo autoridade turca, autores do atentado no aeroporto Atatürk eram da Rússia, Uzbequistão e Quirguistão

  • Ft.: DW O atentado ao terceiro maior aeroporto da Europa deixou ao menos 43 mortos e mais de 230 feridos
  • Da Deutsche Welle

    Os três homens-bomba que perpetraram o atentado no Aeroporto Atatürk de Istambul eram cidadãos da Rússia, Uzbequistão e Quirguistão, afirmou uma autoridade turca nesta quinta-feira (30/06), em condição de anonimato.

    Segundo a agência de notícias Dogan, o cidadão russo era da região do Daguestão, no sul do país. A autoridade não confirmou tal informação.

    Assim como o Uzbequistão e o Quirguistão, a área é predominantemente muçulmana e fez parte da antiga União Soviética. Um grande número de pessoas radicalizadas do Cáucaso e da Ásia Central aderiu ao grupo extremista "Estado Islâmico" (EI) no Iraque e na Síria.

    O governo turco confirmou que os três homens-bomba chegaram ao aeroporto de táxi, e, de acordo com o jornal Hurriyet, o motorista do veículo relatou que os homens conversaram num idioma estrangeiro.

    Segundo autoridades, investigadores estão tentando identificar os três agressores a partir de seus restos mortais. O atentado ao terceiro maior aeroporto da Europa deixou ao menos 43 mortos e mais de 230 feridos.

    deBrasília.com.br - todos direitos reservados ©
    Para anunciar: comercial@debrasilia.com.br    Tel:(61) 8150-0256
    Para envio de material/releases: contato@debrasilia.com.br
    Desenvolvido por MadMídia