16 de Fevereiro 06:57
Treinador do PSG sobre insulto homofóbico de jogador: "Lamentável"

O treinador do Paris Saint-Germain, Laurent Blanc, não escondeu sua imensa decepção com o lateral-direito Serge Aurier, que se referiu a ele com um termo vulgar e homofóbico durante um bate-papo com fãs em uma rede social. Em uma entrevista coletiva nesta segunda-feira (15), Blanc disse ter "recebido muito mal" as declarações do jogador, que foi afastado do clube por um ato considerado “inadmissível”.

  • Ft.: Reuters/ Benoit Tessier/ RFI O treinador Laurent Blanc, vítima de insultos homofóbicos do jogador Serge Aurier, durante coletiva, em Paris
  • Da RFI
    - Rádio França Internacional

    "Achei isso lamentável", disse Blanc em relação aos comentários de Aurier, um marfinense de 23 anos, contratado pelo PSG a pedido do treinador. No vídeo gravado pelo aplicativo Periscope e divulgado amplamente pelas redes sociais no final de semana, o lateral direito responde a uma série de perguntas feitas ao vivo por fãs e lidas por um amigo que aparece no vídeo fumando narguilé.

    Ao ser questionado sobre Laurent Blanc, o jogador se refere ao treinador como um termo vulgar e homofóbico e diz que ele "pega nos testículos" do atacante Ibrahimovic.

    Em um primeiro momento, Aurier disse que se tratava de uma montagem e de uma gravação antiga, mas ficou evidente que a conversa aconteceu no sábado à noite, após o empate sem gols do PSG com o Lille, no Parc des Princes.

    Resolver o problema direto com o jogador

    "Eu me comprometi com a direção do clube para ele vir jogar (no PSG) e, depois que vi (no Periscope) os agradecimentos que tive, acho isso lamentável", disse Blanc. "É prejudicial para ele, e o que não admito é que seja prejudicial ao clube", acrescentou o treinador, que teve na semana passada seu contrato com o time parisiense prorrogado até 2018. "Se o clube adotar outras decisões, vocês saberão", declarou Blanc em referência ao afastamento decidido pela direção do PSG.

    "Que o jogador prejudique a si mesmo, na pior das hipóteses, ele sofrerá as consequências. Mas que ele prejudique o clube pela imagem que ele mostrou, pelas declarações que fez...", continuou o treinador, sem completar a frase. "Tem muitos jogadores desta geração que passam o tempo pedindo desculpas. Acho que, antes de pedir desculpas, é preciso refletir o que se faz, para não passar o tempo se desculpando depois", afirmou.

    "Serge, se ele tem um problema comigo, eu não vou usar vocês (jornalistas) para resolvê-lo. Meu problema com Serge vou resolver diretamente com ele", completou Blanc, que se limitou a responder apenas uma pergunta sobre o assunto.

    Diante da enorme repercussão do caso neste final de semana, o lateral-direito gravou uma declaração para o canal do clube pedindo desculpas pelas "besteira" que fez. Serge Aurier também disse aceitar as sanções a serem decididas pelo clube.

    A polêmica estourou em um momento considerado delicado para o PSG que recebe nesta terça-feira (16) o Chelsea pela primeira rodada das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

    deBrasília.com.br - todos direitos reservados ©
    Para anunciar: comercial@debrasilia.com.br    Tel:(61) 8150-0256
    Para envio de material/releases: contato@debrasilia.com.br
    Desenvolvido por MadMídia