11 de Fevereiro 06:53
Índia quer importar sêmen de boi nativo dela do Brasil

O governo do estado indiano de Gujarate (no oeste do país) decidiu importar 10 mil doses de sêmen de boi da raça Gir do Brasil porque a população desta raça diminuiu naquele estado, escreve o jornal Times of India

Da Sputnik

Curiosamente os bois cujo sêmen será importado à Índia são descendentes dos que foram oferecidos ao Brasil como gesto de boa vontade pelos marajás da cidade de Bhavnagar em Gujarate antes da independência da Índia, relata o artigo.

Os bovinos Gir foram durante muito tempo orgulho de Gujarate devido ao seu rendimento de leite muito alto. Porém, a obsessão com a raça Jersey e degradação da pureza da raça resultou em queda da população de bovinos Gir de 20 milhões de cabeças a apenas 700 mil.

Ao contrário, o Brasil preservou a raça Gir com cuidado. Mona Khandhar, secretária do Departamento da Pecuária disse o seguinte: “O sêmen bovino cientificamente selecionado está sendo importado do Brasil para a inseminação artificial para aumentar o número de raças domesticas, nomeadamente Gir e Kankrej”.

Ironicamente a decisão não foi aprovada pela Comissão de Saúde Bovina (Gau Seva Ayog) do estado de Gujarate que suspeita que os bovinos Gir no Brasil já não são raça pura.
O doutor Vallabh Kathiriya, presidente da Comissão, opine que o estado tem suficiente bovinos da raça Gir:

“Começamos a dar um touro ao panchayat [conselho rural composto por cinco membros mais respeitados na aldeia] de cada aldeia em uma tentativa de aumentar a população de bovinos da raça Gir. Não há necessidade de importar sêmen do Brasil”.

Entretanto doutor K. B. Kathiriya, chefe do departamento de pesquisa da Universidade de Agricultura de Anand disse que as chances de aumento da população da raça Gir através de inseminação artificial faz cerca de 90 por cento. 

deBrasília.com.br - todos direitos reservados ©
Para anunciar: comercial@debrasilia.com.br    Tel:(61) 8150-0256
Para envio de material/releases: contato@debrasilia.com.br
Desenvolvido por MadMídia