28 de Julho 17:13
Gramado sediará Congresso Brasileiro da Ciência das Plantas Daninhas

A organização espera reunir 900 profissionais para debater assuntos científicos e atuais

  • Ft.: Laura Gallas A diretora da Rossi & Zorzanello, Marta Rossi, a coordenadora de eventos, Sabrina Knevitz juntamente com a Assessoria de Imprensa do evento, Silvia Pinto e Daniela Pecerini, coordenadora de Comunicação e Eventos da Dow AgroSciences, empresa patrocinadora do Congresso
  • Uma vez que a cidade de Gramado está consolidada em atrair eventos corporativos como congressos, convenções e feiras, no mês de setembro, mais um estará no calendário do município. É o XXIX Congresso Brasileiro da Ciência das Plantas Daninhas que será realizado de 1 a 4 de setembro no Centro de Convenções do Serrano Resort Convenções & Spa. O evento conta com a organização da empresa Rossi & Zorzanello Feiras e Empreendimentos.

    O Congresso é conhecido como o principal evento científico da especialidade no país e irá discutir o tema “A Ciência das Plantas Daninhas em Clima de Mudanças”. O planeta passa por mudanças profundas que trazem para a agricultura novos desafios como a intensificação de eventos climáticos extremos, a emergência de novos centros de gravidade financeira mundial, e as estimativas de duplicação da atual demanda de alimentos em menos de trinta anos. Em um cenário em que o Brasil é um dos principais produtores agrícolas, a reflexão a respeito do impacto dessas mudanças sobre a ciência das plantas daninhas assume evidente relevância em termos de segurança alimentar.

    Para o professor e presidente do evento Jesus Juares Oliveira Pinto, a preocupação em discutir este assunto é especial, uma vez que a adaptação das plantas daninhas e as mudanças climáticas estão ocorrendo expressivamente não só no Brasil, mas no mundo. “Esse tema é uma preocupação mundial, hoje as plantas daninhas estão se acostumando com as mudanças, sendo assim, se tornam mais rígidas e menos produtivas, muitas vezes”, comenta o professor.

    Palestrantes Internacionais

    O evento trará importantes palestrantes internacionais para explanar sobre o assunto, entre eles estarão Patrick Tranel, agrônomo, doutor em Botânica pela Universidade do Estado de Michigan. Atualmente é professor de Biologia Molecular das Plantas Daninhas na mesma universidade, o pesquisador é internacionalmente reconhecido por suas contribuições que ampliaram a compreensão científica sobre a evolução e o mecanismo oculto da resistência aos herbicidas.
    Doutor Ziska é fisiologista de plantas do Agricultural Research Service (ARS) do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), estabeleceu-se como diretor de projetos na área de mudanças climáticas globais do International Rice Research Institute, nas Filipinas. Após juntar-se ao USDA, publicou mais de cem artigos de pesquisa revisados por pares sobre mudanças climáticas globais.

    Bo Melander é professor associado da Universidade de Aarhus, Dinamarca, e cientista na área de plantas daninhas há 26 anos.

    Ard Nieuwenhuizen graduado em Engenharia de Biossistemas na Universidade de Wageningen, pesquisador trabalha na empresa privada PROBOTIQ, no desenvolvimento e testagem de software e hardware para controle de precisão e navegação em veículos automatizados.

    Dale Shaner graduado em botânica pela DePauw University, mestrado em ecologia de plantas pela Universidade do Colorado e doutorado pela Universidade de Illinois. Com um vasto currículo sobre as plantas daninhas, aposentou-se do USDA-ARS em fevereiro de 2013 e, atualmente, presta consultoria para a indústria agroquímica e o brasileiro, Alexandre Mendonça de Barros, engenheiro agrônomo e doutor em economia aplicada pela ESALQ/USP, membro do Conselho Superior do Agronegócio da FIESP.

    O professor destaca a importância da vinda de palestrantes internacionais ao congresso. “Pesquisadores brasileiros reunidos a grandes nomes internacionais, apresentarão suas especialidades em relação ao tema. A união das experiências será fantástica”, ressalta.

    Workshop HRAC

    O III Workshop HRAC acontecerá em paralelo com o XXIX Congresso da Ciência das Plantas Daninhas que será organizado pela Associação Brasileira de Ação a Resistência de Plantas aos Herbicidas e visa a capacidade inerente e herdável de alguns biótipos, dentro de uma determinada população, de sobreviver e se reproduzir após a exposição à dose de um herbicida, que normalmente seria letal a uma população normal (suscetível) da mesma espécie. Para participar deste workshop é necessário fazer uma inscrição a parte.

    Acesse o site www.cbcpd2014.com.br e confira como participar. 

    deBrasília.com.br - todos direitos reservados ©
    Para anunciar: comercial@debrasilia.com.br    Tel:(61) 8150-0256
    Para envio de material/releases: contato@debrasilia.com.br
    Desenvolvido por MadMídia