04 de Julho 15:26
Colombianos e brasileiros fazem festa antes da partida em Fortaleza

Em meio ao mar de camisetas da seleção brasileira, exibidas por crianças e adultos, era possível identificar o amarelo mais forte da equipe da Colômbia, vestido com orgulho por torcedores que se misturavam tranquilamente no meio da multidão

  • Ft.: Elcio Ramalho - RFI Torcedores chegaram cedo para a partida entre Brasil e Colômbia em Fortaleza
  • Por Elcio Ramalho
    - Enviado especial da RFI a Fortaleza

    Em um clima festivo, torcedores de Brasil e Colômbia começaram logo cedo a desfilar bandeiras, camisetas e acessórios pela avenida Beira-Mar, em Fortaleza, antes do confronto na Arena Castelão, às 17 horas, pelas quartas de final da Copa do Mundo de futebol. Nos arredores do estádio, era grande também a movimentação de torcedores das duas equipes que preferiram evitar congestionamentos antes do início da partida.

    Os primeiros a se instalar na avenida mais turística da capital cearense foram os vendedores ambulantes. A cozinheira Francisca deixou Belém do Pará durante o mês da Copa para tentar ganhar um dinheiro extra durante o evento. Hospedada na casa de uma prima, na periferia da cidade, ela chegou às 5 horas da manhã para ocupar um lugar perto da Fan Fest. Em dias de jogos ela trabalha até as 23 horas vendendo refrigerantes, cerveja e vinho. “Não estou ganhando tanto dinheiro como gostaria, mas está valendo a pena”, diz a paraense que paga R$ 68 para a prefeitura durante o mês da Copa para poder trabalhar no local.

    Não longe dali, uma longa fila já se formava desde as 10 horas da manhã par comprar ingressos para o camarote da Fan Fest, que reúne milhares de pessoas diante de um telão. A entrada é franca, mas quem quiser mais conforto deve desembolsar até R$ 150 para poder assistir o jogo sentado, com direito a bebidas.

    A poucos metros adiante, outra fila se formou para entrar na boutique oficial da Fifa, instalada no local para vender produtos oficiais e lembranças. Do outro lado da avenida, várias bandeiras foram colocadas nas janelas de apartamentos e até um prédio pendurou, do teto ao solo, duas grandes faixas com as cores verde e amarela.

    Colombianos confiantes

    Em meio ao mar de camisetas da seleção brasileira, exibidas por crianças e adultos, era possível identificar o amarelo mais forte da equipe da Colômbia, vestido com orgulho por torcedores que se misturavam tranquilamente no meio da multidão. Juliana, uma comerciante colombiana de Bogotá , desembarcou sozinha em Fortaleza para acompanhar a seleção do país e disse ter conseguido um ingresso com amigos por US$ 165. “Na Colômbia as pessoas estão muito orgulhosas e confiantes na vitória. Nossa seleção é melhor que a do Brasil”, afirma a jovem, que tinha previsto passar uma semana no Rio de Janeiro no final da Copa, mas depois mudou os planos com a classificação da Colômbia. “Adiantei minha viagem. As pessoas acreditavam que tínhamos uma boa equipe, mas chegar às quartas foi uma surpresa”, comentou.

    Já o comerciante Belford Lopez, veio de Medellín com um grupo de 20 amigos para acompanhar principalmente os jogos da primeira fase. Com a vitória da Colômbia sobre o Uruguai no Maracanã, os planos mudaram e os gastos também. “O difícil foi o transporte do Rio de Janeiro para Fortaleza. Estavam cobrando R$ 1,4 mil pela passagem, mas não havia mais”, contou. Belford e os amigos tiveram que ir a Natal de avião e da capital potiguar foram mais 9 horas de viagem de carro até Fortaleza. “Estamos contentes, apesar dos custos”, afirmou, ao lembrar que já gastou sozinho com a Copa mais de US$ 20 mil com estadia em hotéis, alimentação e transporte. Ele confessou que apesar da confiança na equipe de James Rodríguez, poucas pessoas de seu círculo tinham se programado para ficar no Brasil além das oitavas de final. “Os brasileiros estão nos recebendo muito bem. Está uma festa muito bonita, mas nós é que vamos para a final”, concluiu sorrindo. 

    deBrasília.com.br - todos direitos reservados ©
    Para anunciar: comercial@debrasilia.com.br    Tel:(61) 8150-0256
    Para envio de material/releases: contato@debrasilia.com.br
    Desenvolvido por MadMídia