14 de Maio 21:32
Brasília estará entre os destinos mais visitados durante a Copa 2014

Dados compilados pelo Ministério do Turismo apontam que a Capital Federal é a segunda cidade mais cotada pelos visitantes estrangeiros do Mundial

  • Ft.: Bruno Pinheiro/Setur-DF Entre os atrativos de Brasília está a quantidade de jogos, os monumentos modernistas, além do fato da cidade ser reconhecida como Patrimônio Histórico Cultural pela Unesco
  • Por Samantha Fukuyoshi
    Jornalista Setur-DF

    Brasília será o segundo destino a atrair mais turistas durante a Copa. Os dados foram compilados pelo Ministério do Turismo e revela que cerca de 490 mil visitantes virão para o Distrito Federal no período da competição e deverão deixar R$887 milhões. O valor corresponde à permanência no país durante o mundial e o interesse em conhecer pelo menos três cidades além da que será cidade-sede da Copa do Mundo FIFA 2014.

    "O retorno com a Copa do Mundo não virá somente nos 30 dias de realização. Grandes eventos como o mundial de futebol tem o potencial de transformar a imagem do país e no nosso caso de Brasília, pois dão visibilidade global à cidade sede que ainda se beneficia do aumento na infraestrutura local, da criação de empregos, do despertar do sentimento de orgulho e nacionalidade de seu povo", disse o secretário de Turismo, Luis Otávio Neves.

    Brasília será palco de sete partidas da Copa do Mundo FIFA 2014, número máximo de jogos autorizado pela entidade de futebol. O Estádio Nacional Mané Garrincha faz sua estreia no campeonato com a partida Suíça e Equador. Seguidos de Colômbia x Costa do Marfim (19 de junho), Brasil x Camarões (23 de junho) e Portugal x Gana( 26 de junho). Também haverá uma partida pelas oitavas de final, uma pelas quarta e a decisão do terceiro lugar.

    Patrimônio da Humanidade

    Além disso, a cidade foi um dos primeiros sítios modernos a serem reconhecidos pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – Unesco como Patrimônio Histórico Cultural da Humanidade.

    Ele ainda complementou, "No caso do Distrito Federal, por exemplo, tenho certeza que o torcedor saíra com a melhor imagem possível, pois preparamos a cidade e fizemos melhorias para a população do DF. Há uma máxima do turismo que cidade boa para o visitante é aquela que é boa para o morador, este é o caso de Brasília", disse o secretário de Turismo do DF, Luis Otávio Neves.

    A estimativa geral é que se considerado os turistas que estarão em viagem com objetivo principal de participar de eventos da Copa e encontros corporativos em função do mundial serão de 3,7 milhões de turistas (estrangeiros e brasileiros), movimentando cerca de R$6,69 bilhões.

    "O valor que está sendo projetado, com base em pesquisas realizadas pelo Ministério do Turismo, não inclui a movimentação indireta e induzida desses desembolsos. Ou seja, o total da movimentação financeira para o turismo pode mais que dobrar, considerando o efeito multiplicador desses recursos na economia brasileira", explica o ministro do Turismo, Vinicius Lages.

    A compilação de dados do MTUR divulgada recentemente considerou o gasto médio do turista na Copa das Confederações e a proporção de pessoas hospedadas na casa de parentes e amigos durante o evento. A base da pesquisa foi feita pelo MTur em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE). Também foram relacionados os gastos médios dos turistas brasileiros considerados pelo estudo de Demanda Turística Nacional e estrangeiros da Demanda Turística Internacional. O número desses visitantes também foi calculado com base nas vendas de ingressos até a primeira semana de abril.

    Perfil

    Mais de 80% dos que virão têm ensino superior completo, renda média mensal de R$25 mil e faixa etária entre 20 a 35 anos, meio de hospedagem preferido – hotel (69%). Os maiores gastos serão feitos pelos turistas estrangeiros que especificamente virão acompanhar a Copa. A média é que eles assistam a quatro jogos e a projeção é que gastem R$5.500 durante a permanência no país, descontado deste valor as passagens aéreas e valores gastos no país de origem.

    Bons resultados na Copa das Confederações

    No ano passado, a capital de todos os brasileiros recebeu o jogo de abertura da Copa das Confederações. Durante pesquisa feita na competição, cerca de 70% dos turistas estrangeiros entrevistados indicaram o interesse em voltar ao Brasil neste ano. Cerca de 11 mil pessoas circularam pela capital neste período, e rendeu o montante de R$22 milhões para Brasília e R$740 milhões para todo o país, considerando apenas os gastos médio dos turistas.

    deBrasília.com.br - todos direitos reservados ©
    Para anunciar: comercial@debrasilia.com.br    Tel:(61) 8150-0256
    Para envio de material/releases: contato@debrasilia.com.br
    Desenvolvido por MadMídia