22 de Janeiro 12:00
Mané Garrincha passa por visita de inspeção

Representantes da Fifa e do Comitê Organizador Local visitam estrutura da arena nesta quarta-feira

  • Dênio Simões / GDF
  • O Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha recebeu, nesta quarta-feira (22), a 3ª visita técnica de inspeção feita pela Federação Internacional de Futebol (Fifa) e o Comitê Organizador Local (COL). Durante o encontro, que contou com a presença do governador Agnelo Queiroz, os membros das duas instituições dialogaram sobre as condições da arena.

     

    "Estamos prontos e ainda mais focados de que a nossa cidade esteja totalmente preparada para receber este grande calendário de sete jogos que serão disputados aqui na Copa do Mundo. A minha emoção e alegria é mais especial ainda, já que estamos a 143 dias do Mundial", ressaltou o governador.

     

    A visita técnica, que faz parte do calendário oficial da entidade máxima do futebol, contou com a presença de mais de 50 pessoas diretamente ligadas à organização dos jogos da Copa do Mundo no Distrito Federal. A inspeção é um procedimento comum e será feito em todas as arenas das seis cidades-sede.

     

    No encontro, acompanhado do secretário Extraordinário da Copa, Cláudio Monteiro, o governador destacou alguns números obtidos pelo Mané Garrincha desde a inauguração, em 18 de maio do último ano.

     

    "É com satisfação que alcançamos resultados de grande impacto nacional e internacional aqui nesta arena. Tivemos a honra de fazer aqui a Copa das Confederações, com mais de 67 mil pessoas no estádio no jogo de abertura. Já passamos por um grande teste, e este estádio é um motivo de orgulho para nós, para todo o povo do Distrito Federal e para o povo brasileiro", frisou Agnelo.

     

    Entre os dados apresentados pelo governador aos brasileiros e estrangeiros que participaram da vistoria está a marca de 650 mil pessoas que já passaram pela arena em menos de um ano de funcionamento. Esse número, segundo o chefe do Executivo local, é superior a todo o público que passou pelo antigo Mané Garrincha em toda a sua existência.

     

    De acordo com o governador, o estádio também foi recordista de público no Campeonato Brasileiro de 2013, quando mais de 63 mil pessoas assistiram ao jogo entre Flamengo e Santos. Nessa partida, os clubes tiveram cerca de R$ 7 milhões de renda.

     

    "O legado para Brasília é uma realidade. Cada evento que realizamos aqui gera pelo menos 2 mil empregos e movimenta toda a economia do Distrito Federal. Abrimos as portas do estádio para grandes shows internacionais de grande sucesso e repercussão, o que colocou a cidade no calendário internacional de eventos, e abrimos também para a nossa população, que tem frequentado o estádio para conhecer", concluiu o governador.

     

    Fonte: Agência Brasília

    deBrasília.com.br - todos direitos reservados ©
    Para anunciar: comercial@debrasilia.com.br    Tel:(61) 8150-0256
    Para envio de material/releases: contato@debrasilia.com.br
    Desenvolvido por MadMídia